Quando (não) comer é uma oração

O que está em causa no jejum é a possibilidade de nos interrogarmos sobre algo mais fundo: aquilo que nos serve de alimento e a voracidade sonâmbula com que vivemos. 

O jejum não é uma simples desintoxicação da bulimia em que estamos mergulhados, mas um modo de exprimir que o verdadeiro alimento da nossa vida é outro.

©imissio - Expresso|Revista|09/fev/13

©imissio – Expresso|Revista|09/fev/13

Transcrição aqui deste artigo!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s