Sean O’Malley

Published in [atualizado] Cardeais a ter “debaixo de olho” | Full Size: 460 × 369

Nascido: 29 de Junho de 1944
Ordenado padre a 29 de Agosto de 1970
e bispo a 2 de Agosto de 1984

Anúncios

Em 2003 o bispo Sean O’Malley recebeu das mãos de João Paulo II uma das missões menos invejáveis que é possível imaginar: chefiar uma grande e influente diocese americana que estava totalmente falida e dilacerada por causa de um enorme escândalo de abusos sexuais.

O’Malley, que já tinha feito os possíveis para ultrapassar escândalos semelhantes noutras dioceses por onde tinha passado, tem por isso excelentes credenciais no que toca a lidar com aquele que é provavelmente o mais complicado problema que a Igreja tem de enfrentar actualmente. Em Boston o Cardeal instaurou uma política de tolerância zero para com padres suspeitos de abusos sexuais, acabando com a prática de encobrimentos que foi uma parte tão grande do escândalo até então. Criou também políticas globais para lidar com situações que pudessem surgir entretanto, que são consideradas pioneiras.

Numa medida que lhe garantiu a simpatia de muitos fiéis, O’Malley não hesitou em vender o palácio episcopal para ajudar a pagar as indemnizações às vítimas, tendo-se mudado para um pequeno quarto no seminário da diocese.

Em reconhecimento desse facto, Sean O’Malley foi um dos bispos encarregados de levar a cabo uma visitação apostólica à Igreja irlandesa para tentar averiguar as raízes do escândalo sexual que também abalou a credibilidade dessa igreja.

Foi na Irlanda que O’Malley teve um gesto simbólico muito forte, ao prostrar-se no chão diante de um altar despido, juntamente com o arcebispo de Dublin, Cardeal Martin, em Fevereiro de 2011. Depois os dois arcebispos lavaram os pés a oito vítimas de abusos sexuais.

O’Malley começou a sua vida sacerdotal como monge capuchinho e está fortmente imbuído da espiritualidade franciscana. Aquilo que lhe falta em experiência na curia romana, onde nunca viveu, tem em experiência missionária, tendo trabalhado nas Ilhas Virgens Americanas, com sem abrigo e vítimas de HIV.

No único livro que tem publicado em Portugal, “Anel e Sandálias” (Paulinas), escreve sobre a aparente contradição entre ser monge e bispo: “As sandálias e o anel tornaram-se os símbolos de uma vocação de frade capuchinho chamado a servir como bispo, uma combinação incómoda. Ser franciscano quer dizer procurar o último lugar à mesa e ser o menor dos irmãos. A função de Bispo na Igreja é de autoridade apostólica e de paternidade. Ser ao mesmo tempo o irmão mais pequeno e o pai é um verdadeiro desafio. Não sei se tenho tido sucesso num ou noutro desempenho, mas sei que estou grato a Deus pelo privilégio destas duas vocações”.

Interessantemente, O’Malley é também um grande amigo e admirador de Portugal. Tem um doutoramento em literatura espanhola e portuguesa, trabalhou com a comunidade portuguesa na diocese de Washington e visita frequentemente o país, onde ainda tem bons amigos.

Muitos cardeais hesitam perante a possibilidade de eleger um Papa de uma superpotência mundial, mas com a sua humildade franciscana O’Malley é tudo menos o estereótipo do americano arrogante. Acresce que O’Malley simplesmente não é muito conhecido na Igreja Universal e, como é natural, a maioria dos cardeais irá votar em alguém que conhece bem. Por outro lado o conhecido vaticanista John J. Allen Jr, escreveu no dia 19 de Fevereiro um artigo no qual afirma que O’Malley tem estado a tornar-se um nome cada vez mais repetido, e em termos elogiosos, tanto no Vaticano como na imprensa italiana, o que é muito importante.

O Cardeal americano tem 68 anos, uma idade que se enquadra bem no perfil de Papa mais novo que muitos cardeais têm dito que faz falta agora em Roma.
© Filipe d’Avillez
© Actualidade Religiosa


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s