Via-Sacra no Coliseu, IIIª ESTAÇÃO – Jesus cai pela primeira vez

Do Livro do profeta Isaías 53, 5

«Foi ferido por causa dos nossos crimes, esmagado por causa das nossas iniquidades. O castigo que nos salva caiu sobre ele, fomos curados pelas suas chagas».

Aquele que sustenta na sua mão divina os luzeiros do céu e na presença do qual tremem as potestades celestes…, ei-lo que cai por terra, desprotegido, sob o jugo pesado da cruz.

Aquele que trouxe a paz ao mundo, ferido pelos nossos pecados, cai sob a carga das nossas culpas.

«Vede, ó fiéis, o nosso Salvador que avança pelo caminho do Calvário. Oprimido por amargos sofrimentos, as forças abandonam-no. Vamos ver este acontecimento incrível, que ultrapassa a nossa compreensão e é difícil de descrever. Os alicerces da terra foram abalados e um medo terrível se apoderou dos presentes quando o seu Criador e Deus foi esmagado sob o peso da cruz e se deixou conduzir à morte, por amor de toda a humanidade» (Liturgia Caldeia).

Senhor Jesus,
reerguei-nos das nossas quedas,
reconduzi à vossa Verdade
o nosso espírito extraviado.
Não permitais que a razão humana,
que criastes para Vós,
se contente com as verdades parciais
da ciência e da tecnologia,
sem cuidar de pôr-se as perguntas fundamentais
acerca do sentido da existência
(cf. Carta ap. Porta fidei, 12).
Concedei, Senhor,
que nos abramos à acção de vosso Santo Espírito,
para sermos por Ele conduzidos à plenitude da Verdade.
Amen.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s