Cinco gestos marcam os primeiros 30 dias do Papa Francisco

A eleição do Papa Francisco foi uma surpresa. E a sua forma de atuar rompeu com o tradicional desde o primeiro minuto, no Vaticano. Aqueles que o melhor conhecem explicam que para entender a sua mensagem, os gestos são tão ou mais importante do que as palavras. “Ele é muito receptivo ao que está acontecer, viram-no nestes dias. Ele prepara o que vai dizer. Mas se há algo está acontecer, é que alguma coisa tocou o seu coração para o que está acontecer ou o que estamos a ver… E ele o manifesta “. MONS. EDUARDO GARCIA, Bispo auxiliar de Buenos Aires (Argentina)

891859_507055259356760_335580602_o

Podemos resumir o início chave de seu pontificado em cinco gestos que saíram do coração.

1. O PRIMEIRO gesto mostra a simplicidade. Se refletiu na sua forma de vestir. Apresentou-se ao mundo com um manto branco simples, e com a capa (essa pequena capa que cobre os ombros) também branca e não vermelha como seus antecessores.

2. O segundo gesto exprime a sua PROXIMIDADE. Ele quis ficar em casa de Santa Marta, em vez de viver nos palácios papais. Celebrar a Missa para pequenos grupos de pessoas e estar perto e disponível, continuar a telefonar, pessoalmente, aos amigos.

3. O terceiro gesto mostra a CONTINUIDADE e FIDELIDADE ao ensinamento dos seus predecessores, para além das diferenças de personalidade ou estilo. As imagens do encontro com Bento XVI são talvez as mais marcante do início do seu pontificado.

4. O quarto gesto mostra TERNURA. O Papa Francisco, apresenta-se perto de todos, mas especialmente para os mais necessitados e os doentes pelos quais sente um carinho especial.

5. O quinto gesto ilustra uma das suas primeiras palavras: “O PODER DO PAPA É O SERVIÇO.” A imagem do Papa sorridente a lavar os pés dos prisioneiros,  na prisão de menores, na tarde de quinta-feira Santa, surpreendeu todo o mundo.

Cinco gestos que permitem conhecer melhor o Papa Francisco, são uma pequena seleção de muitos, e o futuro nos continuará a surpreender. “Além da surpresa, acredito que é uma eleição providencial e como o tempo se verá. Estou convencido de que o Espírito ainda nos surpreenderá com muitas coisas na pessoa do Papa Francisco”. José Rodríguez Carballo FRAY, Secretário Congregação dos Religiosos

O que é cada vez mais evidente é que o idioma que melhor emprega o Papa Francisco é o idioma dos gestos, que não tem limites e vai diretamente ao coração.

©Romereports.com

©Tradução: Bento Oliveira

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s