[atualizado]#iHumorConclave

Conclave e Twitterhumor é um estado de ânimo cuja intensidade representa o grau de disposição e de bem-estar psicológico e emocional de um indivíduo. A Igreja está a viver um tempo de renovação e reflexão: o Conclave.

Por isso, a iMissio lança esta nova iniciativa pelo twitter, sob a hashtag #iHumorConclave, e Facebook, #iHumorConclave,  a todos os seguidores e simpatizantes. Vamos partilhar imagens bem humoradas sobre o Conclave. Dispor bem supõe o respeito e a consciência da importância do momento quer para a Igreja, quer para o mundo.

Boas partilhas!

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pastoral da Cultura da diocese do Porto está no Facebook

O Secretariado da Pastoral da Cultura da diocese do Porto inaugurou há dias a sua página na rede social Facebook (http://www.facebook.com/pastoraldacultura.porto).

«Não há um romance cristão como não há uma arte cristã. Há, sim, cristãos na arte e na vida» é a frase de Guilherme d’Oliveira Martins, presidente do Centro Nacional de Cultura, que recebe os leitores.

A página pode ser consultada por qualquer pessoa com acesso à internet mas a possibilidade de saber quando são publicadas as novidades, publicar comentários ou avaliar positivamente os conteúdos está reservada a quem tem conta na rede social e clique em “Gosto” na Pastoral da Cultura da diocese portuense.

A primeira atividade divulgada é o 3.º Encontro de Artistas promovido pelo Secretariado da Pastoral da Cultura, marcado para 14 de março, às 17h00, no auditório da Casa Episcopal, no Porto.

O departamento dirigido por Joaquim Azevedo, que também preside ao Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, está igualmente presente no blogue http://sdpc-porto.blogspot.pt/.

© SNPC | 04.03.13

O Facebook na pastoral

©Poster Boy NYC

©Poster Boy NYC

Hoje falamos em Web 2.0, conhecimento 2.0, educação 2.0, pastoral 2.0. Mas o que quer isso dizer, na realidade? Podemos dizer que esta denominação de 2.0 (Darcy DiNucci, 1999) se caracteriza pela capacidade de partilhar  informação e colaboração  entre os usuários; interacção  entre as pessoas; a criação  conjunta de conteúdos. Desenvolve atitudes de altruísmo  (potenciar, criar e partilhar conhecimento, tornando-o acessível a todos), colaboração  (pessoas que, juntamente com outras, constroem e elaboram o conhecimento) e respeito  (partilhar significa que o criador põe à disposição dos outros o seu trabalho, merecendo grande respeito, através da citação das fontes). A Web 2.0 desenvolve competências (Juan José de Haro, 2011): a capacidade de gerir o próprio conhecimento; o espírito criativo (capacidade de inovação); o pensamento crítico (para resolver problemas, planificar projectos, investigações e sua conclusão). As redes sociais são ferramentas de comunicação e a educação/evangelização realiza-se, basicamente, através da comunicação. É um ambiente informal em que qualquer indivíduo se sente à vontade para comunicar, partilhar e interagir.

Para download clicar em slideshare, canto inferior esquerdo, e de seguida fazer save.